Legend Of :: Majora's Mask

Reações: 


Creio que desde sempre, eu tive um certo apego á marca NINTENDO de qualidade, sempre que via o selo nos cartuchos de SNES, eu tinha certeza que o seu conteúdo não me deixaria triste, até que um dia qualquer, na casa de um primo, essa certeza vei á tona, sem piedade alguma. Estava um calor de lascar, e pelo que eu me lembro, devia ser o aniversário de alguém, eu e minha família  fomos á casa desse primo (Didi) e no tempo, ele havia comprado um belíssimo Nintendo 64 (Se você leu "Meia-Quatro" sua homossexualidade está  se sobresaindo, leia certo, homem que é homem não altera o que de fato ja está correto, porra...) com várias fitas, pra não deixar pontas solta: Holy Magic Century, Mario Kart 64, Didi Kong's Kart Rancing, Super Mario 64, FIFA Soccer 64, e entre outros Unseens da vida, e no meio deles, havia pérolas...como: The Legend Of Zelda: Majora's Masks!





Eu era um Gamer iniciante, porém, havia jogando A Link To The Past no meu SNES, e cara. Esse jogo havia me colocado no mundo que eu só encontrava nas minhas peças de LEGO, sabe, um mundo meu, onde eu agisse como quisesse pra conseguir cumprir meus objetivos, eu também degustei Ocarina Of Time tempos depois com um Nintendo 64 próprio, mas Majora's foi...Sombrio, foi tudo que eu adoraria ver em um game, talvez aquela introdução sombria da máscara girando pra sua face na tela demostrasse isso, lembro de ter passado uma note jogando com ele, com meu próprio Save Game! Cara, eu havia chegado mais longe que ele no dia, e como eu sou um cara de boa (Sério, não ligo pra provocações, sou impassivel e admito ser meio sociopata, mas isso não dura quando mechem com alguém que é importante pra mim...só pros que não me conhecem...) eu não me importava em deixar ele prosseguir, estavamos no templo do deserto, onde se achava as notas daquela música que convoca um Link falso...aí morremos no chefe. Sabe como nos sentimos naquele maldito quarto escuro, comendo churrasco ? Terrivelmente assustados, sério, aquele Link sem alma, dava uns calafrios desgraçados...bem vamos á analise em geral!

Majora's é meio que uma incógnita, pois 50% dos fans de Ocarina, o consideram á baixo de seu antecessor, e os outros, o colocam no topo, na minha opinião, Majora é um marco, melhor que Ocarina, porém, mais curto, e mais tenebroso. A história era a seguinte: Majora’s é uma sequencia direta de Ocarina of Time. Após os eventos ocorridos em Oot, Link parte de Hyrule com Epona, para procurar por um amigo que o deixou após sua ultima aventura (provavelmente é a sua fada, Navi). No caminho ele é barrado por Skull Kid, que afugenta Epona e o transforma em um Deku Scrub. Uma de suas fadas, a Tatl fica para trás e ela decide acompanhar Link até reencontrar Skull Kid e seu irmão. Depois, Link encontra um vendedor de mascaras, o Mask Salesman. Ele diz a Link que o Skull Kid roubou uma mascara muito preciosa que ele possuía, e que se Link conseguir recuperar o objeto que foi roubado dele (sua ocarina), ele poderá fazê-lo voltar ao normal pedindo em troca a mascara que Skull Kid roubou. Link chega então a um mundo paralelo chamado Termina. Lá ele descobre que Skull Kid bagunçou a vida de várias pessoas e tirou a Lua de sua orbita original, a fazendo vir em direção a Termina. Link tem 3 dias para impedir que a Lua colida em Termina e cause o Apocalipse...




Bem, a história está MUITO mais empolgante que a de seus antecessores, não na questão de como ela é escrita, ou roteirizada, mas como ela afeta seu Gameplay, cada habitante de Termina têm sua personalidade própria, e formas de agir bem diferentes, e óbviamente, eles necessitarão de sua ajuda, só que esse lance de ter 3 dias, funciona mais como o Limite para se cumprir as Side-Quests, do que para se ganhar um Game-Over, pois com algumas notas na sua ocarina, você pode voltar no tempo, mas alguns itens secundários ficarão lá atrás, sobrando apenas os cruciais, e cara, só esse lance de cada personagem dos mapas ter uma alma própria (Leia-se IA...) já era MUITO abassalador na época, e Link era o ponto neutro na vida desse povo, pois suas ações afetavam diretamente, ou indiretamente eles...Outro lance bacanudo, eram as mascaras! Cara, imagine o Maskara, depois ponha o Link equipado com a Lokis, pronto, temos o alfacinha trasformado no Trollface que participou da infância de muitos, haviam diversas mascaras, cada uma era mágica, ou comum, algumas trasformavam Link em um Deku Scrub, outras em um legitímo Goron, porém, haviam as comemorativas, como a da raposa, que lembra o Fox de Star Fox (SNES). Os equipamentos continuavam os mesmos de antes, porém houve um pequeno acréscimo no arcenal do Alface, mas era mais do mesmo...


O Game usava a mesma Engine de OoT, porém, era perceptivel o acréscimo de cenários base completamente em 3D (Era necessário ter o Expassion Pack pra rodar o game...) como as várias areas de Clock Town, em OoT eram maiores os cenários Pré-Renderizados (Estilo Resident-Evil...).
A Jogabilidade era a mesma de OoT, claro, que seu antecessor já havia melhorado o que já estava bom sem nem ser mostrado anteriormente, isso fica claro, as músicas eram muito bem compostas, não deixando nada á desejar, e velho, aqueles personagens...ah! Cada um deve ser memorizado com carinho, pois revê-los no possível Majora's Mask HD é algo muito emocionante! 
Bem, o que eu devo dizer, das questões básicas ? MM não era um Call of Duty, saca, só pele e osso, ele tinha uma história mágica, com os requisitos básicos a cima da média que era exigida pra ser um "Game Nintendo" na época.




Bem, um ponto fraco ? O Gameplay."era ruim mano ?" você pensa, não era perfeito, porém...muito curto, nem tanto, mas curto do mesmo jeito, claro que a longevidade só era acrescentada quando se buscava Side-Quests pra se fazer, pois fazendo um roteiro básico, cumprindo só o necessário pra prosseguir era só pra iniciantes na série sabe...o game tinha poucas dugeons, acho que só umas 4, e outras Mini-Dugeons por aqui e acolá, nada incomodante pra mim, mas os HardCore poderão achar estranho, nesse caso, recomendo que busquem um detonado. "Mas Velho, eu sou foda, num precido disso..." bem, se quiser cumprir tudo, você têm que saber como começar o que se cumprir certo ? Busque uma listagem de Sides pra isso mano...

O Skull-Kid é um personagem antagonista muito marcante, pois sua sériedade é percebida na piadas estilo "Coringa", ele é um tanto psicótico, e sociopata. Claro, que Skull-Kid não se refere, á um único ser, mas sim á uma raça presente até mesmo em Ocarina of Time, a sua real face é negra com olhos brilhantes, e um chapéu chinês mantendo um ar misterioso...talvez, por conta dele, uma lenda bem famosa (que pode ser achada no Google...) de Creepypasta foi criada, dê uma checada, e como consolo: Não jogue Majora's á noite sozinho...sério! 
Parece que a tal Majora's Mask têm grandes influências sobre as ações dos Skull's, por isso eles se tornam pervesos. Normalmente, um Skull ataca adultos que demostram serem perigosos, mas ele evita mal tratar crianças, e passa até a brincar com elas, um Leprechaun muito simpático!



No fim das contas, Majora's se tornou meu Zelda preferido pelo ar sombrio, pela simpatia de Skull-Kid, e por mais uma longa e complicada jornada de Link, que apesar de curta, só se tornará gigantesca para os verdadeiros colecionadores de Side-Quests.Melhores gráficos do 64 sem dúvidas, Melhores músicas ? Tá aqui, tá esperando o quê pra colocar sua mascara ? Seus dias estão acabando...Eh-He-He-he!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não poste comentários com palavreado Chulo que contenham
Palavrões que possam ofender uma ou mais pessoas, palavras de conteúdo chulo que apenas demostram gírias serão moderadas, Exemplo: F*da.
Se for reclamar, reclame com educação pelo menos, sintam-se livres para falar e discutir sobre o que desejar