Scavations :: Resident Evil 3.5 (BETA)

Reações: 






Louvado seja os jogos que nunca sairão! Eae! Como vai você joven e caro leitor ? Hoje eu retorno com mais uma postagem "inédita" com um tema que você, provavelmente, já viu em revistas ou em outros sites e Blogs, bem, eu vou tentar fazer uma matéria completinha sobre essa reliquía com direito á imagens raras de se achar, e para começar: O que era RE4 ? Esse RE 3.5 realmente saiu ? Ele poderia ser melhor que o próprio RE4 ? Todas as respostas estão aqui, neste post!

Huhu...com essa entrada triunfal de documentário gringo, eu começo mais uma deliciosa postagem, como sabemos Resident Evil é famoso pelo fato de ele te trancafiar em um local infestado de mutações e zumbis, diga-se de passagem, o jogo é famoso por vários fatores além desse, e um desses fatores são seus BETAS, ou ALPHAS. O diabos é um BETA, e o que o difere do ALPHA ? Respectivamente eu respondo: Betas são demostrações jogáveis, em sua grande maioria são versões baixaveis oficialmente e de forma pública, resumindo é uma DEMO ainda em estágio construtivo. Jogos em ALPHA estão em um estágio de desenvolvimento contínuo, a maioria têm apenas cerca de 20% ou 40% do que o jogo final apresentará, sendo difícil a equipe disponibilizar de forma pública, em alguns casos, a distribuição é exclusiva para os Testers ou pessoas que pagam versões Pre-Buy de forma andiantada. Entenderam ? 




Certo, em 1996, depois do sucesso arrebatador de Resident-Evil (PSX/DC) a CAPCOM com o fabuloso Shinji Mikami (Eterno Ex-fazedor de Resident-Evil's) decidiu dar continuidade á sua mais nova pérola de terror, no meio disso nasceu a versão RE 1.5 que podemos achar de graça hoje pela rede (E que já teve postagem aqui:Resident Evil 1.5 e tambem Resident Evil Zero) mas o projeto foi deixado de lado, e logo em seguida totalmente re-feito, aí apenas algumas coisas ficaram no final, uma delas é o policial novato Leon.S.Kennedy. Depois de RE2, foi lançado a febre do PSOne, RE3:Nemesis, falando sério, não conheci um muleque na minha vida que tinha um PSOne quando saiu e não tinha o CD desse jogo em questão. Mas RE3 era só uma fachada, apenas uma gloriosa mansão que encobria um terrível laboratório, onde o experimento da vez era Resident Evil 4!

Em produção desde 1998, a equipe da CAPCOM havia anunciado o projeto apenas em 2001, e nisso, alguns jogos da empresa recebiam Mini-DVDs com vídeos de prévias de RE4, isso no GameCube, o jogo inicialmente tinha uma temática de dar inveja á qualquer outro jogo da época!
Sabe, o fato de o GameCube rodar Mini-Discos realmente era incômodo para nós, brasileiros, pois nunca saia barato um jogo que tinha mais de um, como MGS:The Twin Snakes, que traz dois discos, mas eu garanto: Quando se têm mais de um disco, o jogo é FODA! Digo isso porquê, tudo que havia sido planejado nunca será retirado, pois se pode dividir o produto, nisso, não é necessário diminuir os gráficos ou retirar os sons...mas RE4 demorou 4 versões (ambas deram forma á DevilMayCry de Playstation 2) pra chegar no estado em que está hoje, e são delas, que irei falar.



1º Fog
A primeira versão recebeu o codi-nome Fog, apresentada da E3 2001 em conjunto á Nintendo, a CAPCOM demostrou um Trailer com um pequeno Gameplay do jogo, nessa versão, Leon invadiria uma base da Umbrella, onde seria infectado por um vírus, esse vírus faria com que o loirão de jaqueta tivesse alucinações (I Wanna Love You and treat you Right...lálálá), nesses momentos uma estranha fumaça o atacaria (essa fumaça em algumas cenas, lembra aquele Boss de RE5, que é necessário queima-lo na fórnica) porém o projeto foi descartado, e então a CAPCOM começou outro projeto, esse sem que nenhum forasteiro soubesse.






2º The Hooked-Man
Em alusão á um inimigo que carrega um gancho na mão (vide imagem) o Gameplay dessa versão já trazia a camêra em 3ª pessoa que a série vêm adotando. Os inimigos aqui tinham um ar de Garsparzinhos, ou seja: Fantasmas! E é aqui também que surgiu a famigerada Mira á Laser, a possibilidade de arremessar granadas e objetos, e aquele lance de Jack-Chan de nocautear o oponente alheio...Bem promissor, de acordo com Shinji Mikami, o jogo estava muito assustador, e nós, jogadores insolentes teríamos que dobrar o cuidado...para não mijar nas calças...huh, sei...Bem, a barra de HP foi mantida, mas a versão saiu muito fora do contexto Resident-Evil de ser e foi cancelado...

3º Fucking Zombies!
Bem, RE é conhecido pelo fato de te trancar com zumbis como eu já disse, em RE4 isso meio que foi deixado de lado para dar espaço á espanhóis que berram palavrões inlegiveis e jogam á todo santo tempo, algum objeto cortante na sua cara...bem, inteligentes eles não são, já que eu acertava um tiro nesses busca-pés vitaminados e centava o pé na cara deles, seria legal se a temática deste Build de RE4 tivesse ficado, o Gameplay na minha modesta opinião estava 100% Perfeito! Sério, RE4 que me desculpe...ah! E quem está jogando é o próprio Shinji!






Bem, como podem ver Resident Evil 4 não só foi o primeiro que realmente distanciou se dos outros, como foi também o que teve os BETAs mais legais de toda a série, eu estou me matando pra achar o segundo Build de RE 3.5 aqui...bem, as chances são mais remotas que um lago, mas quem sabe eu ache algum fan Game parecido...E você ? Qual desses você mais gostou, gostaria que RE4 tivesse mantido algum aspecto de suas versões passadas ? Comenta aí ;)
Até proxima Postagem!